PREVENÇÃO À VIOLÊNCIA OBSTÉTRICA

  • Duração
    18 meses
  • EAD AO VIVO

Primeiro curso de especialização do Brasil voltado para a formação científica e jurídica de profissionais para atuar na prevenção da violência obstétrica, bem como no acolhimento e atendimento às vítimas da violência obstétrica no país. Com algumas das principais pesquisadoras brasileiras da área em seu quadro docente – composto por 80% de professoras doutoras -, o curso contará com aulas quinzenais realizadas totalmente a distância (EAD) em tempo real, para que alunos e docentes possam interagir e construir conjuntamente, com espaço para perguntas, debates e construções coletivas. Um curso inovador e pioneiro para profissionais da saúde (enfermeiros, doulas, médicos, fisioterapeutas, gestores, sanitaristas, entre outros), do direito (advogados, procuradores, promotores, juízes), do serviço social, psicólogos, entre outras formações.

Público-alvo 

Profissionais graduados na área da Saúde (Enfermagem, Medicina, Fisioterapia, Saúde Coletiva, Obstetrícia, entre outros), Direito, Psicologia, Serviço Social, Jornalismo, Ciências Sociais, doulas com graduação em qualquer área do conhecimento e comprovação de formação profissional e parteiras com graduação nas diferentes áreas do conhecimento.

veja a proposta da especialização 

Início previsto do curso: 30/03/2023

QUERO SABER MAIS

QUERO SABER MAIS

Parto e nascimento no Brasil (10 h/a)

Fisiologia da gestação, parto e nascimento (10 h/a)

Aspectos psicossociais da gestação, parto e nascimento (10 h/a)

Medicalização do parto e a violência obstétrica (10 h/a)

Intervenções esperadas e possíveis na gravidez, parto e puerpério (10 h/a)

Saúde materna e neonatal (10 h/a)

Mortalidade materna no Brasil (10 h/a)

Luto perinatal (10 h/a)

Recomendações nacionais e internacionais sobre parto e nascimento e o parto no mundo (10 h/a)

Mães brasileiras e a pluralidade das maternidades (10 h/a)

Aspectos básicos da violência (10 h/a)

Violência contra a mulher no Brasil e impactos da violência à vida das mulheres (10 h/a)

Violência obstétrica: conceito, definições, histórico (10 h/a)

Aspectos da assistência social no suporte às vítimas (10 h/a)

Obstetrícia baseada em evidências (10 h/a)

Profissionais da assistência ao parto e diversidades brasileiras (10 h/a)

Parto normal e cirurgia cesariana (10 h/a)

A maternidade como categoria de vulnerabilidade de direitos humanos (10 h/a)

Conceito jurídico de violência obstétrica e evolução do entendimento jurídico da violência obstétrica no Brasil (20 h/a)

Violência obstétrica como violação de direitos humanos: tratados internacionais e demais conceitos (10 h/a)

Instrumentos jurídicos da violência obstétrica: da denúncia ao processo judicial (10 h/a)

Violência obstétrica contra mulheres negras (10 h/a)

Violência obstétrica contra mulheres indígenas (10 h/a)

Violência obstétrica contra homens trans e demais pessoas com útero (10 h/a)

Violência obstétrica contra mulheres com deficiência (10 h/a)

Violência obstétrica contra mães adolescentes (10 h/a)

Violência obstétrica em situação de privação de liberdade (10 h/a)

Consequências emocionais da violência obstétrica à mulher e o manejo psicológico (10 h/a)

O acolhimento às mulheres vítimas de violência obstétrica (10 h/a)

O ativismo social contra a violência obstétrica no Brasil (10 h/a)

Exercício do controle social como meio para prevenção e erradicação da violência obstétrica (10 h/a)

Estudo de casos (10 h/a)

Metodologia científica (10 h/a)

Principais estudos brasileiros sobre violência obstétrica (10 h/a)

Seminários (10 h/a)

coordenação

Dra. Ligia Moreiras 

Doutora em Saúde Coletiva – com ênfase em violência obstétrica no Brasil – e em Ciências pela UFSC. Mestra em Psicobiologia pelo Departamento de Psicologia e Educação da USP. Graduada em Ciências Biológicas pela Unesp. Pesquisadora da área da Saúde Coletiva, especialmente do impacto da violência sobre mulheres e crianças no Brasil. Co-autora e diretora do documentário “Violência obstétrica – A voz das Brasileiras”. Autora da tese “Ameaçada e sem voz, como num campo de concentração – A violência obstétrica no Brasil”. Criadora do site e das redes Cientista Que Virou Mãe. Escritora com livros publicados pelo grupo Companhia das Letras e pela Editora Papirus.

docentes confirmados

Dra. Ligia Moreiras
Dra. Maíra Libertad
Dra. Heloisa Salgado
Ms. Roberta Calábria
Dra. Carla Andreucci Polido
Ms. Mariane Menezes
Ms. Fernanda Lange
Ms. Luana Silvestre dos Santos
Ms. Claudia Mussolini
Esp. Ana Lucia Dias
Ms. Priscila Cavalcanti
Dre. Ale Mujica
Ms. Daniela Rosa
Dra. Ana Carolina Franzon

CENTRAL DE RELACIONAMENTO e-mail: [email protected]
SEGUNDA A SEXTA das 08h às 21h30
SÁBADOS das 08h às 12h30 (quando houver aula)

DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA MATRÍCULA

Cédula de identidade (RG) (outros documentos não possuem validade para fins de registro)
CPF
01 (uma) foto 3x4 recente
Comprovante de residência
Diploma de Graduação (frente e verso)
* Caso não conste no Histórico Escolar do Curso Superior a informação sobre o Ensino Médio, o aluno deverá apresentar também o Histórico Escolar do Ensino Médio para fins de cadastro no sistema para o Censo do Ensino Superior.